Plataforma de Avaliação dos Docentes da Universidade de Aveiro

O Estatuto da Carreira Docente Universitária, aprovado pelo Decreto-Lei n.º 205/2009, de 31 de Agosto, com as alterações da Lei n.º 8/2010, de 13 de Maio, e o Estatuto da Carreira Docente do Ensino Superior Politécnico, aprovado pelo Decreto-Lei n.º 207/2009, de 31 de Agosto, com as alterações da Lei n.º 7/2010, de 13 de Maio, determinam, respectivamente, nos artigos 74.º-A e 35.º-A, que os docentes estão sujeitos a um regime de avaliação de desempenho constante de Regulamento a aprovar por cada instituição de ensino superior, ouvidas as organizações sindicais.

No cumprimento legal do acima exposto, a Universidade de Aveiro desenvolveu um modelo de avaliação baseado na recolha exaustiva de dados relativos à actividade docente, associado a um processo amplamente participado com vista à obtenção de resultados rigorosos.

Através do sistema de avaliação desenvolvido é ponderado um conjunto de indicadores, tendo em consideração as diferentes vertentes de serviço dos docentes, ou seja o ensino, a investigação e criação cultural, a extensão universitária, valorização económica e social do conhecimento e a gestão universitária. Este modelo é suportado por diversos sistemas de recolha de dados existentes na Universidade de Aveiro e pressupõe a existência de múltiplos intervenientes no processo, nomeadamente os Avaliados, através do fornecimento dos dados e informações a considerar no processo de avaliação, os estudantes, através do Sistema de Garantia de Qualidade, o Conselho Coordenador de Avaliação de Desempenho da Universidade de Aveiro, no acompanhamento de todo o processo, o Conselho Científico e o Conselho Pedagógico, através, designadamente, da validação e/ou supervisão de resultados, e o Reitor a quem incumbe supervisionar o processo de avaliação.

Notícias
Membros da equipa do projeto LIFE-Enviphage (da esq. para a dta.): Maria Bartolomeu, Carla Pereira, Adelaide Almeida (coordenadora da equipa da UA), Lúcia Marciel e João Duarte.Um projeto em que participaram investigadores da Universidade de Aveiro (UA) mostrou resultados promissores quanto ao uso de bacteriófagos (ou fagos), organismos que infetam e destroem bactérias patogénicas, na aquicultura, em alternativa aos antibióticos. O LIFE-Enviphage, projeto LIFE financiado pela Comissão Europeia e coordenado pela empresa AZTI, mostrou que os fagos não afetam significativamente as comunidades bacterianas naturais, são uma “alternativa viável” e não apresentam risco para animais.
Nuno Soares e Youri Popov interpretam Freitas Branco no Museu de AveiroO recital pelo violinista Nuno Soares e pelo pianista Youri Popov, integrado nos Festivais de Outono 2017, promovidos pela Universidade de Aveiro (UA), será preenchido pela Obra para Violino e Piano de Luís de Freitas Branco (1890-1955). O recital decorre a 19 de novembro, pelas 21h00, no Museu de Aveiro. A entrada é gratuita.